Ano I, Exemplar 11
www.inmed.org.br

Newsletter INMED Brasil
Outubro 2005

 
Inmed introduz método Sodis de purificação de água
em regiões carentes do Brasil

A Inmed do Brasil deu início neste mês de outubro à introdução do método Sodis de purificação de água em municípios da Bahia e Mato Grosso. O método Sodis é aprovado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), tem baixíssimo custo e garante água livre de parasitas e microorganismos prejudiciais à saúde.

Sodis significa Solar Desinfection (Desinfecção Solar). Trata-se de uma metodologia desenvolvida por uma agência de pesquisa em tecnologia ambiental da Suíça e está sendo adaptada às condições do Brasil. Para colocar o Sodis em prática é muito simples: basta despejar a água que se deseja purificar em um pet (garrafa plástica de refrigerante) vazio e limpo, e depois depositar o vasilhame em um local ensolarado. Por exemplo, no telhado das escolas atendidas pela Inmed Brasil. Aproximadamente 6 horas depois, a água está potável e pronta para consumo (veja quadro explicativo abaixo). O método só é eficaz para pequenas quantidades de água (1 litro por garrafa).

“É um método prático de limpeza da água, sem gastar dinheiro com isso”, avalia o coordenador regional da Inmed em Marau (BA), Alexandre Coutinho. Neste município baiano, foram ministrados cursos para educadores de escolas municipais e pais de alunos. Um curso semelhante foi realizado no Colégio Senhora Santana, em Ibiaçu, contando com a participação da secretária de Educação, Angelina Ribeiro, além de mães de estudantes e educadores.

Em Cairu (BA), segundo o coordenador regional da Inmed Brasil, Paulo Brandão, cerca de 40 mães, pais e responsáveis de alunos das escolas municipais da cidade participaram, na segunda quinzena de outubro, de um curso de introdução ao Sodis, que foi realizado no Salão do Convento Santo Antônio.

Em Camamu (BA), diretores, coordenadores, professores e educadores de escolas municipais assistiram a um curso sobre o Sodis, promovido pela Inmed Brasil. Cerca de 40 pais de alunos também receberam informações sobre esta forma de obter água potável a baixo custo, informou a coordenadora regional, Maria Augusta Leal Silva.

Atividade semelhante foi promovida em Sorriso (MT). No dia 27 de outubro, um total de 40 mães e professores reuniram-se na Escola Gente Sabida, no Jardim Carolina, para obter informações sobre o Sodis. O mesmo treinamento também ocorreu em Camaçari, Dias Dávila e Paracatu.

Como funciona o método Sodis de purificação de água
 

GIRO HORTA


Alunos de escola de Paracatu (MG) exibem colheita
- Além do Sodis, a Inmed Brasil já havia implantado, em Cairu (BA), ao longo deste ano, três hortas pelo projeto Horta Brasil e outras duas estão em fase de conclusão, beneficiando 3 mil alunos, que tiveram a merenda escolar reforçada.

- Em Camamu (BA), foi ministrado um curso de Horta Doméstica para 25 mães de alunos na Escola Carlos Gomes, situada na localidade de Orajá. Graças ao projeto Horta Brasil, Camamu conta hoje com cinco hortas, produzindo alface, beterraba, coentro, pimentão, tomate, entre outros legumes e hortaliças. Em Paracatu (MG) as hortas locais também renderam excelente produção.

- O projeto Horta Brasil foi alvo de reportagem especial da TV Rondônia, informa o coordenador regional de Porto Velho, Valmir Souto. Como já havia ocorrido em maio, a afiliada da Rede Globo voltou a tratar do plantio de hortas, enfocando o trabalho desenvolvido pela Inmed naquele município.

- No município de Sorriso (MT), segundo informa a coordenadora regional Zenaide Wanderley da Silva, as Escolas Jardim Bela Vista e Flor da Manhã realizaram uma Feira de Conhecimento, que mostrou como os alimentos, produzidos em hortas, podem melhorar a alimentação. O nome do projeto de ciências chamava-se Da Horta ao Prato. Cerca de 700 alunos foram envolvidos nas atividades. Na Escola Leonel Brizola, de Sorriso, a Inmed organizou um encontro com 35 mães, que aprenderam a plantar hortas domésticas. As aulas foram práticas e ao final três canteiros, contendo mudas, estavam concluídos.

- Em Morrinhos (GO), houve um evento no dia 18 de outubro, que envolveu alunos de alfabetização do período noturno das escolas municipais Celestino Filho e Meire do Carmo. Eles participaram de um jantar, feito com os produtos de cinco hortas, plantadas no município.

- Em Francisco Morato, município da região metropolitana de São Paulo, já foram iniciados os treinamentos para construção de hortas nas escolas municipais da cidade.

- O Conselho Tutelar de Dias D’Ávila (BA) recebeu material, cedido pela Inmed, para plantio de horta comunitária. O projeto envolve crianças e adolescentes em situação de risco, que irão participar do plantio como forma de terapia ocupacional.

- No dia 20 de outubro, aniversário de 57 anos da emancipação de Santa Helena de Goiás (GO), as escolas municipais Valeriano Rodrigues da Silva e Paulo Lopes participaram de desfile cívico com alegorias referentes ao plantio de hortas. Os alunos da escola Valeriano Rodrigues fizeram um carro alegórico com o tema Descubra por que a alimentação é importante para a saúde. E a Paulo Lopes apresentou banners apontando a relação entre alimentação saudável e o plantio de hortas.

- Ainda em Santa Helena de Goiás, conforme o relato da coordenadora regional Ilucélia Martins Vieira, já há cinco hortas em funcionamento, enriquecendo a merenda escolar de 3 mil crianças. Somente em outubro e apenas na horta da Escola Agrícola, foram produzidas as seguintes quantidades de hortaliças: 15 caixas de abóbora, 8 caixas de abóbora kabotiá, 300 pés de alface, 6 sacos de cebolinha, 6 sacos de salsa, 4 sacos de rúcula, 3 caixas de berinjela, 1 caixa de cenoura, 3 sacos de couve, 10 quilos de jiló, 1 caixa de rabanete, 2 sacos de coentro, 3 sacos de espinafre e 3 caixas de mandioca. A parceira da Inmed em Santa Helena de Goiás é a Monsanto.

Horta Brasil é um programa que combate a desnutrição e a obesidade infantil por meio do plantio de hortas em escolas públicas. Em 12 meses, foram construídas 100 hortas comunitárias que melhoraram substancialmente a alimentação de 95 mil alunos e das comunidades do entorno escolar de 14 municípios em oito estados brasileiros.

O programa Horta Brasil é desenvolvido pela Inmed Brasil, uma ONG (organização não governamental) sem fins lucrativos, em parceria com o poder público e a iniciativa privada. A Inmed Brasil trabalha em conjunto com a Inmed Partnerships for Children, ONG internacional sediada em Sterling, Virginia, Estados Unidos.

Outras atividades promovidas pela Inmed em outubro

Delta Segadilha, coordenadora regional da Inmed Brasil em Manaus, informa que 10.270 alunos de escolas municipais foram beneficiados com a distribuição de kits de escovação, cedidos pela Colgate. No mês da Saúde Bucal, comemorado em outubro, houve ainda a segunda aplicação de flúor em alunos de 19 escolas, foram ensinadas técnicas de escovação e exibido o filme Dr. Dentuço, que ensina a criança a escovar bem os dentes. Pais, alunos, professores e educadores assistiram a palestras sobre a importância de manter a higiene bucal e receberam material didático de apoio.
O mesmo ocorreu com os alunos das escolas Paulo Leal e Hélio Botelho, de Porto Velho (RO), que receberam kits do Dr. Dentuço e informações sobre a melhor forma de escovar os dentes.
Em Dias D’Ávila (BA) e Camaçari (BA), 20 mil alunos de escolas municipais receberam medicação anti-helmíntica (para combater as verminoses), como parte do programa Crianças Saudáveis Futuro Saudável.


Alunos de Porto Velho(RO) recebem kit Colgate


Parceiros da INMED Brasil
USAID Brasil e o Global Development Alliance of USAID; Monsanto Fund e Monsanto Brasil; GE Fund e GE Brasil; El Paso do Brasil; Termonorte; Rio Polímeros; Johnson&Johnson e Janssen-Cilag do Brasil;
Colgate-Palmolive; Allen Foundation; Merck Sharp&Dohme; Ache Laboratórios;
e a ONG INMED Partnerships for Children.


Para entrar em contato e conhecer melhor o trabalho da INMED Brasil, visite nosso site
ou envie-nos um e-mail:

www.inmed.org.br    contato@inmed.org.br

Departamento de Comunicação INMED Brasil
Rua Jericó 255, cjto 41/42 – Vila Madalena – São Paulo, SP – 05435-040 Tel.11 3815-9079